domingo, 22 de abril de 2018

O que fazer no parque Magic Kingdom, em Orlando

É praticamente impossível ir à Disney e não passar pelo menos um dia no Magic Kingdom. Este é talvez o mais conhecido de todos os parques do complexo Disney e também o mais antigo do complexo de Orlando, abrindo as portas em 1971.

O maior símbolo do parque é o castelo azul e cinza da Cinderela, que é plano de fundo de 9 em cada 10 fotos por lá

E toda essa fama de "queridinho da Disney" tem justificativa; o parque é um dos que apresenta maior número de atrações do complexo e ainda conta com o desfile diário e o show de encerramento com muitos fogos de artifício. 

Antes de tudo, valem algumas dicas/considerações sobre o parque, que me ajudaram bastante durante minha visita:

- Fast Pass : os parques do complexo Disney disponibilizam fast-pass gratuito nos seus parques, o que acho ótimo. Basta agendar antecipadamente online (em torno de 30 dias já estão disponíveis) e reservar até 3 brinquedo. Caso desista, é possível reacender uma nova atração, de acordo com a disponibilidade. 

Outra questão ótima sobre o fast-pass é que os parques da Disney disponibilizam wifi gratuito, então mesmo no próprio dia, é possível reacender algum fast-pass. Aconteceu comigo quando estava com vaga na Splash Mountain, mas caiu uma chuva e ficou super frio, não queria me molhar então reagendei pra outra atração na hora. 

No geral, recomendo agendar seu "fura-fila" para as seguintes atrações: Space Mountain, foto com o Mickey, Montanha-russa Splash Mountain e Montanha-russa Big Thunder 

- Evite ir em segundas feiras : fui numa quarta e acho que peguei o parque bem mais vazio. A recomendação geral era para evitar as segundas pois a maioria das excursões começa os roteiros pelo Magic Kingdom

- Baixe o aplicativo : uma ótima idéia é fazer o download do aplicativo, que conta com mapas, horários de cada atração e, principalmente, tempo de fila em cada lugar. Ótimo para se programar e não ficar rodando igual uma barata tonta pra lá e pra cá pelo parque

Na prática, o parque divide-se em 6 regiões, cada uma com suas temáticas, músicas e atrações principais. São elas: Main Street, Adventureland, Frontierland, Fantasyland, Liberty Square e Tomorrowland 




MAIN STREET 


É a entrada principal do parque, com o famoso Castelo da Cinderela ao fundo. Impossível não parar ali para algumas fotos 



Além disso, ali estão algumas confeitarias, lanchonetes e lojas que você certamente dará uma "passadinha" haha 

Se quiser tirar fotos com personagens da Disney, nada melhor que a Town Square. Foi ali que vi o Mickey, num cenário todo fofo. Mas foram 2h de espera na fila, então pense num fast-pass





Ali também acontecem vários shows durante o dia e a noite, além de ser o local ideal para ver os fogos no fim do dia. Mas o destaque mesmo vai para o desfile com os personagens, que aconteceu a tarde




Não indico o Walt Disney World Railway, um trenzinho suspenso que percorre o parque. O problema é que não tem um visual bonito, a maior parte do percurso é na parte de trás do parque, sem vista para o mesmo




ADVENTURELAND 

É uma área menor e mais rústica. 
O destaque vai para a atração do Piratas do Caribe, em que embarcamos num barco pelos cenários do filme. Muito legal, mas frequentemente com filas cheias. 





FRONTIERLAND 

Adoro. Uma área mais afastada do castelo, onde estão duas das principais montanhas-russas do parque: a Splash Mountain (a clássica montanha-russa na água, que molha bastante) e a Big Thunder Mountain, simples mas legal




FANTASYLAND 

Como o próprio nome já sugere, a terra da fantasia é colorida, divertida e mais infantil, mas isso não significa que os adultos não se divirtam por lá também. 

Os destaques vão para o Peter Pan's flight, a montanha-russa dos sete anões (nada radical) e o It's a Small World. 




Muita gente critica o It's a Small World, alegando ser bobo. Eu adorei. O brinquedo é simples, consiste num passeio de barco (sem emoções) por cenários em miniatura representando vários países do mundo. Imperdível ver a cara de entusiasmo das crianças menores e o cuidado com que cada bonequinho é feito.




LIBERTY SQUARE 

Destaque para a Haunted Mansion e o Sleep Hollow

A "casa mal assombrada" é um clássico da Disney e um dos meus preferidos. Consiste num trem fantasma por uma casa sinistra, com direito a foto com fantasmas no final. Adoro




O Sleep Hollow, no melhor estilo do filme "A lenda do cavaleiro sem cabeça", é um bar com a melhor torta de morango





TOMORROWLAND 

É a região mais futurista do parque, com várias atrações legais e bem pertinho do castelo. 




O destaque vai para a Space Mountain, uma montanha-russa no escuro, com luzes em neon. Ainda no Brasil já reservei meu fast-pass para essa atração (que frequentemente tem a maior fila do parque) mas me decepcionei bastante. Já tinha ido na Space Mountain da EuroDisney (que eu adorei) mas na de Orlando me senti num liquidificador. Sério, o negócio só roda, roda, não tem looping, descida nem temática legal. 







quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

O que fazer nos parques da Universal e Island of Adventure em Orlando?

COMPLEXO UNIVERSAL

O complexo da Universal, fundado em 1009, é atualmente formado principalmente pelos parques Universal, Island of Adventure e Volcán Bay e é um dos mais procurados de Orlando. 

A temática dos parques é a indústria do entretenimento, com suas principais séries e filmes. Apesar de super famosos, os parques não pertencem ao complexo "Disney".

Eu já falei antes sobre como adorei visitar o parque da Universal em Los Anges, em 2016. Então, apesar de ter muita coisa parecida, as abordagens dos parques são bastante diferentes. 



QUANTOS DIAS EM CADA PARQUE 

Não conheci o Vulcano Bay (com uma temática mais votada para um "parque aquático"), me concentrando apenas no Universal Studios e Island of Adventure. Recomendo um dia para cada parque, no mínimo. 

Mas não foi o que eu fiz. Como não tinha muito tempo, fiz os dois parques no mesmo dia pelo único motivo de já ter conhecido o parque da Universal da Califórnia. Na prática, muitas atrações que existem no parque californiano também podem ser encontradas no Universal da Flórida, então dei prioridade ao Island of Adventure




INGRESSOS: COMPRA E QUAL ESCOLHER

Basicamente, podemos escolher entre a compra de ingressos para um, dois ou três parques do complexo. 

O próximo passo é escolher entre a visita de 1 parque por dia ou o ingresso "park-to-park", que permite a visitação de mais de um parque por dia. Quanto maior a quantidade de dias comprados, menor tende a ser o preço total pago.

* Importante: para uso do expresso de Hogwarts (trem temático do Harry Potter) é necessário o ingresso "park-to-park"

Outra dica super importante: caso você só disponha de um dia e queria conhecer os dois parques, o ideal é comprar os ingressos no aplicativo no celular. Eu pesquisei muito e não achei em nenhum lugar oficial essa opção "park-to-park" para apenas 1 dia. Mas me informei com uma amiga que estava lá uns meses antes e ela me deu essa dica. Comprei os meus pelo celular e não teve erro =D

Existe também a opção de compra dos fast-passes, os famosos tickets "fura-fila" das atrações mais concorridas. 

Dê uma olhada nos preços de dez/2017 - mais informações no site oficial




UNIVERSAL STUDIOS X ISLAND OF ADVENTURE 

Os parques são bem diferentes, apesar de pertencerem ao mesmo complexo. Não tem como escolher um melhor, apenas aquele com maior número de atrações do gosto de cada um. 

De um modo geral, eu curti muito mais o Island of Adventure mas também valeu o fato de ele ter sido uma novidade pra mim, enquanto muita coisa do Universal eu já esperava

De um modo geral, o Island concentra um maior número de atrações radicais ou nem tanto enquanto o Universal ganha na decoração e simuladores 

Para os fãs de Harry Potter (oi!) não tem escapatória: a visitação dos dois parques é "obrigatória". Mas vamos ver detalhadamente as principais atrações de cada parque ...


Área comum 



ISLAND OF ADVENTURE 


Contrariando várias recomendações de blogs na internet, cheguei na hora que o parque abriu e corri para a parte do Harry Potter. Muita gente diz que lá as filas sempre estão grandes, então não vale a pena priorizar esta área. Eu discordo, cheguei cedo e consegui ir nas duas montanhas-russas e no simulador em menos de 20 minutos! Não peguei fila em nada e ainda aproveitei bastante o parque 

Para facilitar o entendimento, resolvi dividir as principais atrações de acordo com as áreas principais do parque, conforme pode ser visualizado no mapa abaixo: 






THE WIZZARDING WORLD OF HARRY POTTER

A área toda já é linda, com várias referências do mundo de Harry Potter . Se você ainda não viu nenhum filme que vergonha hein haha recomendo que assista pelo menos ao primeiro, para ter uma idéia do quão perfeito a representação conseguiu ser 

Ah, não importa qual restaurante você escolha, mas nunca deixe de experimentar a famosa "Butter Beer", a cerveja amanteigada do filme. Há quem ache muito doce, eu adoro e acho perfeita para espantar o calor de Orlando 

  • Harry Potter and the forbidden journey 
A atração começa com um passeio pelo interior do castelo de Hogwarts, com alguns ambientes interativos para o público. 

Depois, seguimos para um simulador magnífico em 4D, contando a história do Harry Potter. Extremamente realista, o simulador passa pelo castelo de Hogwarts, o salgueiro lutador e pelo jogo de quadribol, com interação dos personagens 



Atenção: considero o simulador tranquilo (não dá medo) porém chacoalha bastante então não recomendo ir após o almoço . Para aqueles que não desejam se aventurar no simulador, existe a opção de apenas visitar o castelo


  • Flight the Hippogriff 
Montanha-russa MUITO tranquila, localizada bem em frente ao castelo de Hogwarts. É recomendada para famílias e crianças maiores, não tem nenhuma queda brusca, é até meio chatinha, mas vale a pena pois as filas estavam sempre pequenas quando fui 

  • Ollivanders 
Um tour interativo na loja de varinhas mais famosa do Beco Diagonal! Nela, você encontra vários itens dos filmes/livros à venda, além de espetáculos de magia com o público


  • Três Vassouras
O pub temático do filme é uma opção perfeita para almoço/lanche/jantar pois está localizado bem próximo ao castelo, no meio da área do Harry Potter



Outra opção é o pub "cabeça de javali" 


  • Dragons Challenge 
Quase chorei quando descobri que essa montanha-russa foi desativada em definitivo no fim do ano passado. As famosas montanhas russas irmãs (a vermelha, representando Durmstrang e a azul, de Beauxbatons) eram maravilhosas, daquele tipo com adrenalina porém sem trancos, eu adorei! 




Nesta área está sendo construído uma nova atração relacionada ao mundo de Harry Potter, que promete ser uma inovação tecnológica, mas ainda não estará disponível neste ano



  • Frog Choir 
Um show temático com referências ao coral de Hogwarts e também Durmstrang e Beauxbatons. É legal, mas apenas se tiver tempo sobrando 






  • Hogwarts express 
Embarque no trem de Hogwarts entre os parques Universal e Island of adventure (e/ou vice-versa). 



A atração costuma permitir 2 viagens em cada sentido por passageiro. O cenário muda de uma direção a outra e é bem legal.

Atenção: essa atração necessita do ingresso "park-to-park"



JURASSIC PARK 

Colada à área do Harry Potter, está outra área temática ao filme "Parque dos Dinossauros", que também conta com brinquedos bem realistas e cenários super trabalhados 

  • Jurassic Park River Adventure 
Uma mini-montanha russa aquática pelos cenários do filme (muito bem feitos, aliás), com uma queda de mais de 20 metros (e bem íngreme) no final 

Ps.: fui no primeiro banco e sai encharcada! Então, opte por ir nesta atração no calor e sente nos bancos posteriores e centrais se quiser se molhar menos 


  • Peranodon Flyers
Uma espécie de teleférico tranquilo sobre a área do parque 


  • Raptor Encounter
Um encontro com um bravo dinossauro


  • Jurassic Park discover center 
Um centro de pesquisas com vários itens a venda e atividades contando um pouco mais sobre a história dos dinossauros. Achei meio sem graça, vale se tiver tempo 


Bem ao lado da área do Jurassic Park, está um novo simulador com óculos 4D dedicado ao novo filme do King Kong, a " Ilha da caveira" 



TOON LAGOON 


Esta área é uma gracinha, toda representativa dos cartoons, super colorida e consegue encantar adultos e crianças 



  • Me ship
Um navio com alguns brinquedos para crianças e uma vista bem legal do parque e, principalmente, da montanha-russa do Hulk 




  • Dudley Do-Right's Ripsaw Falls 
Uma espécie de Splash Mountain, com uma queda bem legal porém que molha bastante. Pense duas vezes se estiver frio 


  • Popeye & Bluto's Bigle-Rat Barges 
Outra atração aquática que molha MUITO, simulando um passeio de bote pelas corredeiras 



MARVEL SUPER HERO ISLAND 

Esta parque é, na verdade, a entrada do parque. Nela, as atracões principais relacionam-se ao super heróis da Marvel



  • The Incredible Hulk Roller Coaster 
Considerada por muitos a melhor montanha-russa do parque, é comum encontrar filas grandes, com cerca de 60 minutos de espera 



As maiores quedas são de cerca de 35 metros de altura. Não cheguei a ir, mas todo mundo que vai adora 


  • The Amazing Adventures of Spider Man 
Um simulador super realista sobre as aventuras do homem aranha 


  • Doctor's Doom 
Um elevador com vista pro parque, cuja subida é bem rápida e a descida nem tanto, ainda bem rs 



SEUSS LANDING 


Esta área é mais voltada para crianças, com atrações como carrossel, parquinhos e um trenzinho panorâmico por esta área do parque, que vale se tiver tempo. Eu fui rs 





THE LOST CONTINENT


Eu confesso que não entendi bem a proposta dessa área do parque. Nela, duas atrações se destacam:

  • Mystic Fountain 
Uma fonte de água com espirros sincronizados e de surpresa. As crianças adoram 

  • Poseidon's Fury
Um show interativo num ambiente super bonito, mas que não consegui entender a proposta 







UNIVERSAL STUDIOS 


Como já conhecia o Universal da California, aqui foquei em algumas atrações que considerei principais e apaguei o restante da minha cabeça, literalmente. Admito que foi ruim e deveria ter deixado um dia inteiro para este parque mas infelizmente não deu 

  • Dagon Alley 
Continuando no mundo de Harry Potter, o Beco Diagonal é incrivelmente representativo do filme, com cada detalhe que deixa até aqueles que não conhecem bem realmente apaixonados 

Aqui encontramos sorveterias, a loja das gemialidades Weasley, shows ao ar livre e até mesmo a voz da Murta-que-geme no banheiro


As principais atrações aqui são a Money Exchange, um local que simula o banco Gringots, onde podemos comprar dinheiro bruxo ou ainda apenas ver as perfeitas réplicas dos duendes 





A maior fila do local, entretanto, está na Harry Potter and the escape from the Gringots, uma montanha-russa em 3D (sempre com filas longas) que simula uma fuga do banco bruxo 

  • Hogwarts Express
Na saída do trem, encontramos o Lago Grimmald 12, o noitebus andante e a Travessa do tranco 


  • Hollywood Rip Ride 
Uma montanha russa com subida em 90 graus e quedas de quase 40 metros de altura. Não tive coragem de encarar haha 


  • ET, the adventure 
Esse simulador é uma fofura, super legal. Aqui você embarca num "vôo" de bicicleta pelos cenários do filme ET 



SPOILER: no final do passeio, é possível ouvir nossos nomes na voz do ET, coisa mais linda 



Sim, teve tempestade surreal neste dia no parque =( 


O parque conta ainda com uma réplica da calçada da fama, com desfile de alguns personagens, shows e outros simuladores. Infelizmente não tive muito tempo aqui mas deu pra vero básico 























sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Roteiro no Sea World, Orlando

O relato abaixo baseia-se unicamente em minha experiência, quando visitei o local em Julho/2017

Aberto em 1973, o Sea World é um dos parques mais visitados de Orlando, recebendo cerca de cinco milhões de visitantes anualmente. A temática do parque é a vida marinha, mas nem todas as atrações são com animais. 


Apesar de ter chegado um pouco tarde, conseguimos ver o principal do parque. Mas se quiser garantir um bom lugar na fila das montanhas-russas, chegue bem cedo. 

Antes de comprar os ingressos, recomendo atenção em dois pontos principais:

- Fastpass: aqui os "fura-filas" são pagos. Honestamente, não recomendo (exceto para usar em montanhas-russas). Todo o restante do parque tem filas bem razoáveis

- All day Dining Peal: pacote combo com alimentação 


Comprei o all-day dining peal e recomendo. Existe a opção de compra antecipada online ou na bilheteria. Comprei online por cerca de 15 dólares (quase 20 dólares a menos que na bilheteria) e nos serviu perfeitamente. O plano funciona da seguinte maneira: na entrada você recebe uma pulseira verde com código de barras que indica sua compra do plano, assim como a lista de restaurantes/cafeterias que participam do pacote. A cada hora você tem direito a pegar, gratuitamente, 1 bebida não alcoólica, 1 entrada OU sobremesa e 1 prato principal. 





Antes de comprar li muita gente falando mal, dizendo que as filas eram intermináveis e os restaurantes ruins, que não valia a pena ... Enfim, resolvi pagar pra ver, até porque o preço era bem barato (15 dólares para comer praticamente a vontade o dia todo é MUITO bom). Na minha experiência, não enfrentei nenhuma fila (e olha que fui em Julho), a comida era bem gostosa e podia pegar bebida a cada hora (o que foi ótimo pois estava cerca de 35 graus). Usei praticamente o Expedition Café para todas as refeições rs. 


Quando entrei no parque, já fui direto para as montanhas-russas. Infelizmente não consegui ir na Manta porque a fila era de mais de 2:30h. Falando em montanhas-russas, o parque tem algumas das mais assustadoras de Orlando. As principais são: 

  • MANTA - montanha-russa que simula os movimentos de uma arraia, com os passageiros "deitados", de barriga e rostos para baixo. Atinge cerca de 90 km/h e é uma das mais disputadas do parque. 

  • KRAKEN - maiores e mais rápidas montanhas de Orlando. Atualmente, conta com óculos 3D, com interação com o fundo do mar


  • MAKO - a nova montanha-russa é uma das "piores" da cidade, com várias quedas

O parque conta ainda com uma quarta montanha-russa, um das primeiras aquáticas de Orlando

  • JOURNEY TO ATLANTIS - esta montanha-russa não tem um ambiente incrível, mas faz uma "visita" pela terra de Atlantida, com uma queda principal bem sinistra, de cerca de 20 metros. De fora, você não dá nada por ela, mas quando anda vê que a queda é bem respeitável rs, porém ainda menor que a do Jurassic Park, do Island of Adventure. O brinquedo molha (não muito) então se estiver frio pense duas vezes. As filas costumam estar em torno de 30 minutos.  SPOILER : O mais legal é que, quando você pensa que está acabando tem uma segunda queda bem legal




Outro ponto alto do parque é a variedade de shows com animais:

  • ONE OCEAN (SHOW DA SHAMU) - um dos mais disputados do parque. O show é lindo e emocionante, meus olhos ficaram cheios de água várias vezes. Se quiser se molhar, prefira os assentos mais baixos (sinalizados). Se não, opte pelos mais no alto. Dica: as baleias costumam estar mais bem dispostas pela manhã, então sugiro ir ao primeiro show, cerca de 12h ( se encaminhe para o local cerca de 30 minutos antes pois o estádio é um pouco mais afastado)




  • CLYDE AND SEAMORE'S SEA LIONS HIGH - o show dos leões marinhos é um dos mais fotos do parque. Na atração, os leões tem que fazer tarefas para garantir o diploma escolar. Várias surpresas e muitas risadas, mesmo para quem não fala inglês. 


  • DOLPHIN DAYS - show dos golfinhos. Infelizmente não consegui assistir porque acaba mais cedo e não me liguei nisso na hora


As outras atrações do parque são as seguintes: 

  • WILD ARTIC - a atração começa com um simulador de vôo pelo Ártico e termina num aquário com vários animais polares, vistos através de um vidro. Bem legal



  • SKY TOWER - torre de vista panorâmica do parque (e de um pedaço da cidade). Parece um cabem mas não é. A atração é bem levinha e vamos sentados com vista 360 graus o tempo todo, bem leve.





  • SHARK ENCOUNTER - um aquário com vista ampla para os tubarões, vale a pena



  • EMPIRE OF THE PENGUIN - essa atração foi uma surpresa bem agradável. Optamos pela fila com simulador (bem fraquinho), que termina num ambiente com pinguins. O único problema é o frio, impossível ficar muito tempo ali


O SeaWorld foi um parque super legal, que encantou todos nós. Pensamos muito em ir por conta das polêmicas do documentário Blackfish, mas acabamos cedendo e indo conhecer. 

Como o parque conta com animais, acaba fechando mais cedo, perfeito para conciliar com algumas compras em lojas como Vanity Fair, Ross ou Walmart